MATA ATLÂNTICA

Nessa primeira etapa, visitaremos três comunidades que vivem na Mata Atlântica Paulista. Vamos mostrar os hábitos alimentares e os ingredientes nativos presentes na alimentação das crianças dessas comunidades, que ainda vivem muito próximas a natureza e conservam certas tradições na hora da refeição.


Além de pais, crianças e outros moradores, teremos depoimentos de pediatras e nutricionistas especializados, que irão desconstruir preconceitos e mitos sobre alimentação infantil.

A Mata Atlântica é uma das áreas mais ricas em biodiversidade do mundo. Infelizmente, também é uma das mais ameaçadas. O bioma foi declarado Reserva da Biosfera, pela Unesco, e Patrimônio Nacional, na Constituição Federal de 1988.

As 3.429 cidades da Mata Atlântica, incluindo São Paulo, apresentam um dos maiores índices de urbanização do país. Quase 90% da população local vive em áreas urbanas. Hoje, 72% da população brasileira habitam municípios pertencentes a esse bioma. São 145 milhões de pessoas que dependem da floresta para os serviços ambientais essenciais, como regulação do clima, qualidade do ar e abastecimento de água.

Na época do descobrimento do Brasil, em 1.500, 80% da área que corresponde hoje ao Estado de São Paulo fazia parte da Mata Atlântica. De acordo com dados atuais da SOS Mata Atlântica, hoje o Estado possui apenas 22,9% de sua mata original. Grande parte desse percentual fica na região da serra do mar, mais precisamente no Vale da Ribeira. O vale também abriga grande riqueza cultural e histórica, proveniente de várias etnias, como a negra, a índia e a branca, que utilizam esse ecossistema para plantar e viver da agricultura local.

Esse é o retrato do bioma riquíssimo, porém muito devastado, no qual a maioria da população de São Paulo vive. Por esse motivo, nós, da Expedição Primeiro Prato, acreditamos que é preciso valorizar e estimular a preservação dessa área e de seu legado cultural e histórico. Trata-se de patrimônio coletivo para as futuras gerações e por isso escolhemos essa região para a primeira etapa do projeto.

EXPEDIÇÃO PRIMEIRO PRATO

REALIZAÇÃO

Expedição Primeiro Prato - 2018 Desenvolvido por 113dc Design + Comunicação