• Karine Durães

A teoria da higiene

Atualizado: 19 de Abr de 2018

Expedição para a Aldeia Krukutu – Impressões de uma nutricionista






Estamos protegendo nossos filhos de todos os tipos de bactérias. Limpamos com álcool gel, desinfetamos tudo o que nos é permitido. Coincidência ou não, as doenças alérgicas têm aumentado. E, segundo a Hipótese da Higiene, proposta por David Strachan, esse excesso de limpeza pode ser uma das explicações. A teoria relaciona o aumento da susceptibilidade de doenças alérgicas a pessoas que não foram expostas durante a infância a microorganismos ou parasitas, deixando-as, então, predispostas a desenvolverem propensão a alergias. É como se o sistema imune não fosse devidamente estimulado nos primeiros anos de vida, formando uma flora intestinal (onde estão a maior parte das nossas bactérias) mais delicada.


Essa flora intestinal mais delicada tem mais probabilidade em achar problema no consumo de uma molécula de proteína de um simples alimento.


Na aldeia, segundo o agente da saúde, não tem alergia alimentar. As doenças que mais aparecem são pneumonia e bronquite. Diarreias graves são raras e as crianças comem livres. Não se intimidam se a comida lhe suja a roupa, o rosto, ou o que for. Os adultos tampouco se intimidam. Colocam as mãos, lambem, encostam no cachorro e comem novamente, felizes.





Esse contato menos rigoroso com a higiene pode significar uma imunidade mais preparada, uma flora intestinal mais sadia. Some isso à alimentação mais livre dos ingredientes que atrapalham a saúde da nossa flora intestinal (açúcar, gordura em excesso, falta de fibras) e a manutenção dessa flora acontece. Não posso deixar de relembrar que o alimento que temos atualmente mais alergia no Brasil (leite de vaca) não é introduzido na vida das crianças pequenas, que tomam, em sua maioria, apenas leite materno.





Outro ponto importante da falta de controle rigoroso com a limpeza no momento de comer: a brincadeira sensorial envolvida nessa maneira livre de comer, aumenta a autonomia e o prazer, o que é muito benéfico para evitar seletividade. Uma criança com imunidade mais efetiva e comendo mais feliz!





121 visualizações
EXPEDIÇÃO PRIMEIRO PRATO

REALIZAÇÃO

Expedição Primeiro Prato - 2018 Desenvolvido por 113dc Design + Comunicação